terça-feira, 6 de setembro de 2016

TEMPO



Olhando minhas azaleias
Sempre lindas e imponentes
penso em como o tempo passa
sem ensaios ou previsões
tantas coisas acontecem
Penso que não vamos suportar
mas aqui estamos nós 
vivos e fortalecidos
tantas grandes alegrias
que passam também
Hoje o dia foi gelado
Afinal é setembro de inverno
mas passei o dia aquecida 
Com minha netinha que faz um ano
Neste lindo mês
Uma doce criança 
Que alegra meu coração
E me enche de esperança
De uma renovação de vida
Não posso desistir
Continuo com minha luta!

"Às vezes ouço passar o vento; 
e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia de mim, 
porque a minha alma confia em ti; e à sombra das tuas asas me abrigo, 
até que passem as calamidades.
Clamarei ao Deus altíssimo, 
ao Deus que por mim tudo executa.
Salmos 57:1,2

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Abra seu coração! Seu comentário enriquece este espaço!